Notícias



Saúde do Caminhoneiro - Alimentação:

ALIMENTAÇÃO NA ESTRADA: COMO MANTER A SAÚDE EM DIA?


Para se tornar um profissional de sucesso um caminhoneiro precisa fazer muito mais do que manter bons hábitos na direção. Cuidar da alimentação na estrada também é essencial e pode ajudá-lo a se tornar muito mais produtivo.

Você se alimenta bem? Tem horários definidos para os lanches? Escolhe com atenção o local em que faz suas refeições? Pode parecer besteira, mas tudo isso tem um forte impacto em seu dia a dia.

A seguir, selecionamos dicas e informações que o ajudarão a melhorar sua alimentação na estrada e manter a saúde em dia. Confira!

Dicas para manter uma alimentação na estrada mais saudável

Você sente muito sono ao volante? Está constantemente cansado, com dores de cabeça e falta de concentração? A raiz para esses problemas pode estar naquilo que você come!

Dizem que somos aquilo que comemos, não é mesmo? Então para que você seja mais ativo, competitivo, produtivo e saudável é preciso se alimentar adequadamente e adotar bons hábitos na estrada.

Escolha bem os alimentos que consome

Todos sabem que o consumo de alimentos industrializados e com alto teor de gordura é um comportamento a ser evitado. No entanto, com o dia a dia corrido, a pressão para fazer viagens mais rápidas contribuem para que os caminhoneiros tenham uma alimentação de baixa qualidade.

Se você não deseja enfrentar doenças cardíacas e problemas com obesidade, é bom dedicar um pouco mais de atenção aos alimentos que consome. Em geral, é importante que as refeições atendam às necessidades do organismo e contenham os nutrientes essenciais para o seu funcionamento, como vitaminas, proteínas, lipídios e carboidratos.

Portanto, ao montar seu prato, diversifique os alimentos, evite muitas frituras e não se esqueça de colocar verduras, hortaliças e uma carne de boa qualidade. Veja alguns exemplos de alimentos que não podem faltar:

Saiba armazenar a comida corretamente

Você é daqueles que gostam de levar comida de casa para consumir na viagem? Esse é um bom hábito e pode ajudá-lo a evitar alimentos industrializados e de baixo valor nutricional, porém é preciso seguir alguns cuidados.

O armazenamento de alimentos exige muita atenção, caso contrário você pode correr o risco de se intoxicar ao consumir uma comida estragada.

É importante lavar bem os alimentos antes do preparo, escolher vasilhas adequadas e ficar atento à temperatura de armazenagem. Lembre-se de que nem toda refeição pode ser consumida mais tarde, especialmente porque há uma certa dificuldade de mantê-las refrigeradas na estrada.

Alimente-se com tranquilidade

Comer rápido faz mal para a saúde! Estudos já comprovaram que engolir o alimento de forma rápida aumenta o ganho de peso e pode prejudicar o funcionamento do coração. Por isso, alimente-se com tranquilidade.

Antes de sair de viagem, programe suas paradas e determine um horário para se alimentar. Procure mastigar bem, relaxar e aproveitar o sabor dos alimentos consumidos.

É sempre bom destacar que alguns minutos economizados no almoço são, na verdade, um prejuízo para seu bem-estar ao volante. Afinal, de que adianta chegar rápido, mas ficar se sentindo mal durante todo o percurso?

Tenha cuidado com a quantidade de comida ingerida

A quantidade de comida ingerida também precisa ser controlada. Isso porque, além de ser um fator de risco para a obesidade, a má digestão pode ser um sério problema para quem precisa se concentrar na estrada.

Já percebeu que depois de comer muito ou de consumir alimentos pesados você fica mais sonolento e disperso? Pois é, para evitar o sono ao volante é interessante se alimentar de forma balanceada e em quantidade adequada.

Seja comedido na hora de montar seu prato e procure se alimentar em intervalos de tempo regulares. Dessa maneira, você consegue se manter saudável e não corre riscos desnecessários durante suas viagens.

Não fique muito tempo sem comer

Nós sabemos que a vida de caminhoneiro não é fácil e que, em muitos casos, é preciso correr contra o relógio. No entanto, você jamais pode esquecer que sua segurança e saúde devem ser prioridade.

Sendo assim, evite pular refeições e ficar muito tempo sem se alimentar. O ideal é fazer pequenos lanches a cada 3 horas e garantir que o corpo receba os nutrientes que precisa de forma progressiva e constante.

Isso quer dizer que tomar um café da manhã super reforçado com a intenção de não almoçar não é uma boa estratégia. Isso pode deixá-lo com fraqueza, causar problemas de saúde e contribuir

09-11-2020